Seleção Brasileira de bocha se prepara no CT Paralímpico para Copa América na semana que vem

qui, 02 dez 2021 14:12:49 -03:00



O atleta Maciel Santos treina no CT Paralímpico | Foto: Ale Cabral/CPB

O atleta Maciel Santos treina no CT Paralímpico | Foto: Ale Cabral/CPB

A Seleção Brasileira de bocha está concentrada no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, para a disputa da Copa América da modalidade, que será realizada entre os dias 7 e 13 de dezembro, no mesmo local. Esta é a primeira competição oficial da equipe brasileira desde a disputa dos Jogos Paralímpicos de Tóquio, quando conquistou duas medalhas de bronze, com Maciel Santos na classe BC2 e José Carlos Chagas na BC1.

Organizada pela Associação Nacional de Desporto para Deficientes (ANDE), com apoio do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e da BISFed (Federação Internacional da bocha), a competição vai reunir delegações de países da América do Sul, como Argentina, Chile, Colômbia, Peru, de países da América Central, além de Estados Unidos e Canadá.

Já o Brasil teve quase todos os seus atletas que participaram dos Jogos de Tóquio convocados para esta competição. A novidade será a participação do jovem potiguar Iuri Tauan da Silva, 18 anos, pela classe BC2.

"O reencontro com a Seleção sempre é muito importante, pensar agora em novo ciclo, uma nova preparação. Tóquio foi fantástico, sensacional. Agora, é uma nova oportunidade, um novo objetivo. Essa competição é muito importante para nós, atletas, porque, depois dos Jogos Paralímpicos e Mundiais, é a que mais soma pontos para o ranking mundial", explica Maciel Santos, que vai buscar o tetracampeonato da América. 

Os atletas do Brasil apontaram a Argentina, Canadá e México como os principais países concorrentes aos títulos de cada classe.

Além disso, esta será a primeira competição internacional que a Seleção Brasileira de bocha vai competir com a separação por gênero. Até os Jogos de Tóquio, as disputas aconteciam de forma mista.

"É uma realização, sonhava com isso, não só pelas mulheres, mas pelos homens também. Foi muito importante esta mudança e agora temos mais chance de medalhas para o nosso país", completou Evani Calado, medalha de ouro por Pares no Rio 2016 pela classe BC3, entre outros títulos.

A cerimônia de abertura da competição está marcada para o dia 7 de dezembro, enquanto as competições individuais devem acontecer entre 8 e 11. Já as disputas por equipes e pares serão entre 12 e 13. 

Patrocínio
A bocha é patrocinada pelas Loterias Caixa.

Catálogo
Confira aqui o catálogo

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

PATROCINADORES
Patrocinadora do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
FORNECEDORES
Fornecedor Oficial