CT Paralímpico sedia curso internacional de técnicos, classificadores e árbitros de esgrima em CR

qua, 22 set 2021 12:48:01 -03:00



Disputa da esgrima em cadeira de rodas durante os Jogos de Tóquio | Foto: Fabio Chey / CPB

Disputa da esgrima em cadeira de rodas durante os Jogos de Tóquio | Foto: Fabio Chey / CPB

O Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, será sede de curso internacional para técnicos, classificadores e árbitros que atuam em esgrima em cadeira de rodas (CR), realizado pelo Instituto Brasileiro de Esgrima (IBE), braço educacional da Confederação Brasileira de Esgrima (CBE). A programação começa nesta quarta-feira, 22, e vai até o próximo dia 30.

O objetivo é fortalecer a modalidade na América Latina, promovendo a capacitação de novos profissionais de países como Brasil, México, Paraguai, Costa Rica, Colômbia, Venezuela, Peru e Argentina.

"Surgiu a oportunidade de realizarmos estes cursos e acho que é de extrema importância para toda a esgrima paralímpica, para que se desenvolva esse nicho em toda a América Latina", explica o mestre Eduardo Romão, coordenador geral do IBE.

"É bem desafiador. Estamos com o objetivo de fazermos a implementação em toda a América Latina, para termos um desenvolvimento bem integrado, pois a esgrima não existe sem treinador, o classificador e o árbitro. Essa oportunidade de juntar os três cursos dentro de um grande evento foi muito importante e vai ser essencial para o desenvolvimento da esgrima em cadeira de rodas", completa Eduardo Romão.

O curso de técnicos vai ensinar a planejar e executar os treinamentos de esgrima em CR; atuar como técnico dentro de uma sala d'armas; planejar, organizar e dirigir atividades da modalidade de caráter educacional, recreativo e competitivo; e, auxiliar na arbitragem e organização de competições desportivas da esgrima. Os instrutores serão os mestres Dimitris Kazaglis e Ivan Schwantes e a professora Tabea Alves.

O conteúdo do curso de árbitros visará a atuação nas provas nacionais e internacionais nas diversas armas e categorias e a homogeneização dos procedimentos de arbitragem. Será ministrado por Eduardo Romão e Carolina Anzolin.

Já o curso de classificador vai buscar habilitar profissionais para atuarem como classificadores nacionais e internacionais de esgrima em CR. O instrutor será Marek Podlasinsk.

*Com informações da Confederação Brasileira de Esgrima (CBE)

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

PATROCINADORES
Patrocinadora do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
FORNECEDORES
Fornecedor Oficial