Seleção Brasileira de bocha retorna ao CT Paralímpico após quase um ano de treinos em casa

qui, 18 fev 2021 12:16:13 -03:00



Foto: Ale Cabral/CPB

Foto: Ale Cabral/CPB

A Seleção Brasileira de bocha voltou a treinar presencialmente após quase um ano de treinos remotos. A equipe chegou ao Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, na última quarta-feira, 17, e ficará concentrada no local até o dia 24 de fevereiro. 

Para promover o retorno dos atletas, o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) submeteu todos os atletas desta modalidade aos critérios exigidos pelo protocolo sanitário elaborado desde a reabertura parcial do CT, em julho do ano passado.    

O plano de retorno deste ano inclui a área de hospedagem do local, que prevê, no máximo, duas pessoas por acomodação e que todas as refeições serão servidas nos quartos. Não será permitido o uso do restaurante ou áreas comuns do residencial. 

“O importante neste retorno é ver como os atletas estão, qual foi o impacto desse período de quarentena com treinos em casa. Por isso, vamos fazer uma bateria de testes para ver o nível físico, técnico e psicológico deles e a partir disso traçar o planejamento da temporada. Também vamos introduzir o estudo sobre os adversários deles em Tóquio. Nossa equipe de análise trabalhou muito nos últimos meses e tem muito material para apresentar”, explicou Moisés Fabrício, coordenador da Seleção Brasileira de bocha paralímpica. 

A jogadora de bocha da classe BC2, Natali de Faria, 30 anos, treinou na sala de casa durante o isolamento social. Ela tem paralisia cerebral devido a falta de oxigenação no cérebro no parto e conheceu a bocha na fisioterapia em 2010. 

“A minha quarentena foi tranquila. Consegui manter o foco nos meus objetivos. Mas agora estou muito feliz por participar desse treino, pois será coletivo e estaremos juntos depois de tanto tempo treinando em casa. É um momento histórico”, comentou Natali. 

O Brasil possui nove vagas nos Jogos de Tóquio, que foram conquistadas na Etapa das Américas da BISFed, em outubro de 2019, no CT Paralímpico.
 

Confira abaixo a lista dos atletas convocados pela Associação Nacional de Desporto para Deficientes (ANDE):  


Andreza Vitória F. Oliveira | UFPE-PE | classe BC1 
Antônio Leme | APPD-SP | classe BC3 
Evani Soares da Silva Calado | APT-SP | classe BC3 
Evelyn Vieira de Oliveira | SESI-SP | classe BC3 
Guilherme Germano Moraes | ADMC-SP | classe BC1 
José Carlos Chagas de Oliveira | ADEFU-MG | classe BC1 
Lucas Ferreira de Araújo | Rio de Janeiro-RJ | classe BC2  
Maiel Sousa Santos | ADMC-SP | classe BC2 
Mateus Rodrigues Carvalho | CDDU-SP classe | BC3 
Natali Mello de Faria | APBS-SP | classe BC2 

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

PATROCINADOR MASTER
Patrocinadora oficial de 11 modalidades paralímpicas
PATROCINADORES
Patrocinadora oficial do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão