Primeiro treinamento intensivo de tênis de mesa para Tóquio 2020 termina neste sábado

sex, 21 fev 2020 11:11:30 -03:00



Foto: Ale Cabral/CPB

Foto: Ale Cabral/CPB

Os Jogos Paralímpicos de Tóquio estão bem próximos e o Brasil busca superar o bom desempenho da última edição, quando o tênis de mesa conquistou quatro medalhas. A comissão técnica da Seleção Brasileira programou, até agosto, cinco sessões de treinamento especial intensivo, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. A primeira acontece nesta semana, com encerramento no sábado, 22, e a presença de 16 atletas.

Os demais períodos de treinamento ocorrem depois da confirmação dos atletas classificados, já que a seletiva final acontece em abril, na Eslovênia. Por enquanto, os cinco medalhistas de ouro nos Jogos Parapan-Americanos de Lima estão classificados: Joyce Oliveira (classe 4 feminino), Danielle Rauen (classe 9 feminino), Paulo Salmin (classe 7 masculino), Luiz Manara (classe 8 masculino) e Carlos Carbinatti (classe 10 masculino). Outros devem garantir vaga pelo ranking mundial, mesmo que não se classifiquem na seletiva. Cátia Oliveira (classe 2 feminino), Bruna Alexandre (classe 10 feminino) e Israel Stroh (classe 7 masculino) estão neste grupo.

Segundo o coordenador da Seleção paralímpica, Paulo Molitor, o grupo de atletas que estão treinando no CT foi definido de acordo com a projeção de possibilidades para Tóquio e também após os Jogos. “Temos os que já estão classificados, os que estão brigando por vaga e um ou outro com um nível bom que já estamos pensando no futuro. Com isso, há uma mescla de jogadores com nível técnico diferente, bolas diferentes e o mais importante, estilos diferentes”, explica.

A comissão técnica da Seleção buscou realizar um trabalho diferenciado do que os atletas fazem no dia a dia, projetando maiores dificuldades para os jogadores.

“Dentro do treinamento estamos colocando todos para treinar com todos. Como escolhemos os jogadores pelo nível técnico, então podemos aproveitar para todos eles terem treinos com bolas diferentes. Estamos fazendo parte do desenvolvimento de preparação de volumes com finalizações, somente jogadas, lançamento e partidas, na parte de mesa. Tivemos também um trabalho de prevenção com a fisioterapeuta, além da academia para os atletas que já estão fazendo regulamente em seus clubes”, explicou Molitor.

Confira a lista de atletas que treinam no Centro Paralímpico Brasileiro:

Cadeirantes:

Welder Knaf - ADFP PARANÁ – Classe 03
Marliane Santos - ITAIM KEIKO/KENZEN/AOVC – Classe 03
Michel Lima - AACD SÃO PAULO – Classe 03
Fábio Silva - KOSMOS CLUBE – Classe 03
Guilherme Costa - ASSOCIAÇÃO ESPORTIVA LASSALISTA – AM – Classe 02
Iranildo Espíndola - AABB BRASÍLIA/RIZZONE – DF – Classe 02
Joyce Oliveira - AACD SÃO PAULO – SP – Classe 04

Andantes:

Paulo Salmin - AACD SÃO PAULO – SP – Classe 07
Israel Stroh - CR SALDANHA DA GAMA/JOOLA/ADC ESTRELA/STA CECÍLIA – SP – Classe 07
Jennyfer Parinos - FRANTT-TIBHAR/CAFÉ MORRO GRANDE/SELAM/PIRACICABA-SP – Classe 09
Bruna Alexandre - SOCIEDADE ESPORTIVA RECREATIVA E CULTURAL SANTA MARIA-SP /SÃO CAETANO – Classe 10
Danielle Rauen - FRANTT-TIBHAR/CAFÉ MORRO GRANDE/SELAM/PIRACICABA-SP – Classe 09
Carlos Carbinatti - FRANTT-TIBHAR/CAFÉ MORRO GRANDE/SELAM/PIRACICABA-SP – Classe 10
Luiz Filipe Manara - FRANTT-TIBHAR/CAFÉ MORRO GRANDE/SELAM/PIRACICABA-SP – Classe 08
Gabriel Antunes (Diamantes do Futuro) - SR MAMPITUBA/FME CRICIÚMA-SC – Classe 10
Cláudio Massad - ASSOC. NOVA ERA DE T.M. - Classe 10

Técnicos: Paulo Molitor, Raphael Moreira, Celso Toshimi e Alexandre Ghizi.

*Com informaações da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM)

Assessoria de comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

PATROCINADOR MASTER
Patrocinadora oficial de 11 modalidades paralímpicas
PATROCINADORES
Patrocinadora oficial do Paratletirsmo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão