Jane Karla inicia treinos no CT Paralímpico antes do Parapan de tiro com arco

seg, 17 fev 2020 18:32:47 -03:00



Foto: Alê Cabral/CPB

Foto: Alê Cabral/CPB

Com foco nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, a goiana Jane Karla deu início ao período que realizará os seus treinamentos de tiro com arco no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

O próximo desafio esportivo da atleta da classe ARW2 será o Parapan da modalidade, que vai acontecer entre os dias 22 e 29 de março, na cidade de Monterrey, México. Ainda vai disputar as etapas do Mundial em Tucson, nos Estados Unidos, em abril, e em Nové Mesto, República Tcheca, em junho, antes da principal competição do esporte paralímpico, em Tóquio.

Jane ficará hospedada no CT até 22 de fevereiro e, neste período, fará duas sessões de treinos diariamente, além de cumprir a agenda com exames médicos e exercícios de fisioterapia. “Como é um esporte de precisão, preciso sempre estar em treinamento. Qualquer detalhe pode fazer a diferença na competição. Além disso, o CT dispõe de toda a infraestrutura que o atleta precisa, como alojamento, área médica, de fisioterapia, é um sonho. Então, adoro treinar no Centro de Treinamento Paralímpico, pois o espaço é muito favorável para o deslocamento de cadeirantes como eu”, aponta Jane Karla, que teve poliomielite na infância e só conheceu o paradesporto aos 28 anos. 

A atleta buscará manter o embalo de bons resultados após quebrar o recorde mundial indoor pela terceira vez no último mês de janeiro. Pela fase classificatória do Torneio de Nimes, na França, marcou 582 pontos no tiro com arco composto paralímpico e superou a própria marca obtida em 2019, em Roma.

Jane quer aproveitar o período no CT para regular o equipamento e adaptar a sua técnica para as disputas ao ar livre, como será o Parapan da modalidade. “O CT me proporciona a possibilidade de treinar em grandes espaços abertos e, com isso, enfrentar fatores climáticos como sol, vento, chuva, aspectos que vou precisar lidar nas próximas competições”, explica.

Ex-atleta de tênis de mesa, Jane Karla aponta a experiência anterior como um dos seus diferenciais para enfrentar as atletas da Inglaterra e dos Estados Unidos, suas principais concorrentes na modalidade em geral. “Com certeza, os meus 11 anos como atleta de tênis de mesa contribuíram muito com a melhora da minha concentração no tiro com arco”, finaliza.

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)
 

PATROCINADOR MASTER
Patrocinadora oficial do Comitê Paralímpico Brasileiro
PATROCINADORES
Patrocinadora do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
FORNECEDORES
Fornecedor Oficial
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão