Notícias

Trio de arbitragem feminino faz história no futebol de 5 brasileiro

Por CPB
Thu, 05 Jul 2018 19:55:00 -0300
Imagem

Pela primeira vez na história do futebol de 5 brasileiro, um jogo foi apitado por um trio de arbitragem formado apenas por mulheres. O confronto entre INV-SP e ADVC-RJ, pelo Regional Sul-Sudeste, aconteceu na tarde desta quinta-feira, 5, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. A partida que terminou 5 a 0 para ADVC-RJ e foi arbitrada por Aline Nascimento, Renata Leite e Ellen Dayane.
 
“Eu fico muito lisonjeada por participar deste acontecimento, porque não é uma modalidade disputada por mulheres, mas foi conduzida por elas. Senti-me em casa em quadra com outra colega. Também é algo novo para os jogadores, porque eles ficaram impressionados ao saber que a partida seria apitada só por mulheres”, relatou Aline Nascimento uma das arbitras do jogo.
 
“Ainda falta espaço para a mulher, principalmente para ela poder errar. Quando um homem erra uma marcação, as pessoas só reclamam e acabou. Se uma mulher erra, reclamam e ainda tem uma ação pejorativa. Só vamos romper o preconceito quando a mulher tiver espaço”, afirmou Aline que é novata no futebol de 5, mas tem sete anos de experiência arbitrando futsal.
 
O Regional Sul-Sudeste de futebol de 5 segue nesta sexta-feira, 6, com as disputas das quartas de final. A final da competição será neste domingo, 8, às 9h30, no CT Paralímpico, em São Paulo.
 
Confira a tabela completa da competição: https://bit.ly/2u4bWGa
 
Assessoria de comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)