Notícias

Emoção marca entrega de honrarias do Prêmio Paralímpicos 2017

Por CPB
Seg, 04 Dez 2017 19:30:00 -0200
Imagem

Além dos prêmios de melhor atleta do ano masculino e feminino e o "Atleta da Galera", o Prêmio Paralímpicos 2017, nesta segunda-feira, 4, em São Paulo, ainda celebrou uma série de categorias. Foram premiados os destaques de cada uma das 22 modalidades que compõem o programa dos Jogos Paralímpicos de Verão, além do melhor atleta paralímpico de 2007 no futebol de 7, vela adaptada e em esportes na neve (confira a relação completa abaixo). A emoção tomou conta da plateia presente na Sala São Paulo nas homenagens às figuras que marcaram a chegada do paradesporto no Brasil. 

O Prêmio Paralímpicos celebrou duas pessoas em homenagem aos 60 anos do Movimento Paralímpico no Brasil. A secretária de estado dos direitos da pessoa com deficiência, Linamara Rizzo Battistella, entregou a honraria a Sylvio Moreira, médico que começou a trabalhar com o esporte paralímpico na década de 70, no Clube do Otimismo, e integrou a equipe médica brasileira em diversas competições internacionais. Zaíra do Nascimento de Melo também foi lembrada. A enfermeira, conhecida como Tia Zaíra, fez parte do time médico do país em cinco Paralimpíadas. 
 
O Prêmio Aldo Miccolis, entregue a pessoas que dedicaram a vida ao esporte paralímpico, foi dado à deputada federal Mara Gabrilli (PSDB-SP) - relatora da Lei Brasileira de Inclusão, também conhecida como Estatuto da Pessoa com Deficiência. 

Pedrinho Almeida, mentor do velocista Petrúcio Ferreira, foi escolhido como o melhor treinador individual, enquanto Fábio Vasconcelos, que dirige a Seleção Brasileira de futebol de 5, foi selecionado o melhor técnico de modalidades coletivas. Mariana D'Andréa, 19, que está no México para a disputa do Mundial Paralímpico de Halterofilismo, foi selecionada como a revelação da temporada. 

Por fim, a Associação Paralímpica de Indaiatuba (ADI APIN) faturou o Prêmio Clube Caixa 2017, que coroa o trabalho de um clube ou associação de destaque no ano. A ADI figura entre as três melhores do Brasil na natação desde 2011 e detém atletas na Seleção Brasileira adulta, de jovens e escolar. 
 
Confira abaixo a relação completa dos vencedores por modalidade
Atletismo - Petrúcio Ferreira 
Basquete em CR - Gelson da Silva
Bocha - Evelyn Oliveira
Canoagem - Caio Ribeiro
Ciclismo - Lauro Chaman
Esgrima em CR - Jovane Guissone
Esportes na neve - Aline Rocha
Futebol de 5 - Ricardinho Alves
Futebol de 7 - Jan Francisco
Goalball - Josemarcio Sousa
Halterofilismo - Bruno Carra
Hipismo - Sérgio Oliva
Judô - Alana Maldonado
Natação - Daniel Dias
Parabadminton - Vitor Tavares
Parataekwondo - Débora Menezes
Remo - Jairo Klug
Rugby em CR - Julio Cézar Braz
Tênis de mesa - Danielle Rauen
Tênis em CR - Ymanitu Silva
Tiro com arco - Francisco Cordeiro
Tiro esportivo - Geraldo Von Rosenthal
Triatlo - Carlos Viana
Vela adaptada - Ana Paula Marques
Vôlei sentado - Fred Dória
 
Patrocínio
A edição deste ano do Prêmio Paralímpicos tem patrocínio das Loterias Caixa. 
 
Assessoria de imprensa do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.br)