Halterofilista de Araras é campeão com recorde nacional no Circuito Loterias Caixa

Por CPB
Dom, 14 Abr 2019 09:30:00 -0300
Alê Cabral/CPB Imagem

O paulista Giliardi Chud, 34, encerrou as disputas de halterofilismo no Circuito Brasil Loterias Caixa com um recorde brasileiro na categoria acima de 107kg. Ele foi o penúltimo atleta a se apresentar no ginásio poliesportivo da Universidade Positivo, na manhã deste domingo, 14, e suportou 195kg na barra. O recorde anterior era dele mesmo, alcançado há um mês, na etapa de João Pessoa do Circuito Brasil Loterias Caixa, com 193kg. 

“Eu sou capaz de levantar mais de 200kg, mas vamos aos poucos”, disse o atleta da APNH, de São Paulo, amputado de perna abaixo do joelho, vítima de um acidente de moto em Santa Rita do Passa Quatro, no interior do estado de São Paulo. 

Entre as mulheres, a mineira Maria Rita de Oliveira, 20, bateu o recorde brasileiro júnior na categoria até 86kg, com 80kg na barra. A atleta da CDDU, de Uberlândia, Minas Gerais, superou sua própria marca, alcançada em março, na etapa Norte-Nordeste do Circuito Brasil Loterias Caixa, em João Pessoa. Na oportunidade, suportou 77kg. “Eu queria chegar a 86kg, mas senti que hoje não seria o dia ideal”, explicou Maria Rita, que tem mielomeningocele e hidrocefalia.

O fim de semana terminou com 10 recordes brasileiros no halterofilismo, sendo quatro entre os juniores e seis dos adultos. 

Esta foi a segunda etapa do Circuito Brasil Loterias Caixa de Halterofilismo nesta temporada, a primeira ocorreu em João Pessoa, e antecede à convocação da Seleção Brasileira que disputará o Mundial da modalidade. A competição será em Nursultan, capital do Cazaquistão, de 12 a 19 de julho. Muitos dos atletas que competiram em Curitiba estão cotados para compor a equipe nacional. A coordenação de halterofilismo do Comitê Paralímpico Brasileiro deve divulgar a convocação até o fim de abril.

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)


Notícias