Notícias

Indiano, 2º no ranking mundial, é destaque no Brasil Internacional de Parabadminton

Por CPB
Sex, 10 Ago 2018 16:33:00 -0300
Imagem

Três atletas do país criador do badminton, a Índia, estão no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, para disputar o Brasil Internacional de Parabadminton 2018. Entre os indianos está Sukant Kasam, 25, segundo colocado no ranking mundial da sua classe SL4. A competição segue até o domingo, 12, e reúne 133 atletas de 16 países.

Além de Sukant Kasam, a Índia também está representada pelos atletas: Mark Joseph Dharmai (SS6), 10º colocado no ranking mundial, e Anand Kumar Boregowda (SL4), 23º no ranking mundial.

O indiano da província de Maharashtra e seus companheiros de delegação estão acostumados a competir contra atletas da Ásia, e participam pela primeira vez de um torneio no Brasil. “Estar aqui e conhecer melhor os outros atletas ajudará na minha preparação. Quando chegarem as competições que classificam para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, não terei surpresas. É importante para a gente ver como os brasileiros estão jogando e como funcionam as competições por aqui”, comentou Sukant.

O atleta da classe SL4 (para pessoas com deficiência nos membros inferiores) lesionou-se no joelho esquerdo em um acidente durante uma partida de críquete aos 10 anos de idade.

Sukant Kasam estreou no torneio em São Paulo com duas vitórias. Logo no primeiro dia, na quinta-feira, 9, em que ocorreram os jogos individuais, venceu o mexicano Maximiliano Avila Sosa, por 2 a 0 (21x8 e 21x8), depois o brasileiro Cleto Eugenio, também por 2 a 0 (21x9 e 21x13).

Já nesta sexta-feira, 10, foram disputadas as duplas mistas. Nas partidas da classe SL3 a SU5, Sukant jogou ao lado da brasileira Maraisa Santos. Eles ganharam dos peruanos Pablo Cesar Cueto e Jenny Bertha Ventocilla Huaranga, por 2 a 1 (16x21, 21x13 e 21x17), no entanto, foram derrotados pelos japoneses Taiyo Imai e Asami Yamada, por 2 a 1 (21x18, 18x21 e 21x8).

Nas provas de dupla masculina (SL3 a SL4), Sukant jogou ao lado do japonês Daisuke Fujihara, Eles venceram os brasileiros Johann Breno e Leonardo Zuffo por 2 a 0 (21x14 e 21x11), em seguida, bateram a dupla formada pelo peruano Pedro Pablo de Vinatea e o canadense Pascal Lapointe, por 2 a 1 (18x21, 21x12 e 23x21).
Os outros países que participam da competição são: Alemanha, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Escócia, Espanha, Estados Unidos, França, Israel, Itália, Japão, México, Peru e Polônia.

O calendário da modalidade ainda reserva para este ano o Campeonato Panam, em novembro, na cidade de Lima, no Peru. Esta será a última oportunidade para os atletas se classificarem para as competições mais importantes de 2019: o Campeonato Mundial de Parabadminton, na Suíça, e os Jogos Parapan-Americanos de Lima.
As competições realizadas a partir de 2019 serão classificatórios para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

Assessoria de comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)