Parataekwondo

A entidade que administra o parataekwondo é a WTF (Federação Mundial de Taekwondo) e aqui no Brasil é a CBTKD (Confederação Brasileira de Taekwondo).

O primeiro campeonato mundial de parataekwondo foi realizado em 2009, na cidade de Baku – Azerbaijão. Atualmente o campeonato mundial é realizado a cada 2 anos e após 2020 se tornará anual. Em 2015 o parataekwondo foi anunciado como parte do programa paralimpico, fazendo a sua estreia em Tóquio 2020.

Classes no

Parataekwondo

As classes esportivas do Taekwondo são definidas pela letra P (poonse - forma) e K (kiorugui – luta). A modalidade de Poonse é disputada por atletas com deficiência visual – P10, deficiência intelectual – P20, deficiência física – P30 e baixa estatura – P70. A classe KP60 é para surdos. A modalidade kiorugui é para deficientes físicos – K 40. A classe que faz parte do programa paralímpico são as classes K43 e K44, na qual os atletas da classe K43 podem competir na classe K44.


K43

Atletas com amputação bilateral do cotovelo até a articulação da mão, dismelia bilateral.

Atletas com amputação unilateral do cotovelo até a articulação da mão, dismelia unilateral, monoplegia, hemiplegia leve e diferença de tamanho nos membros inferiores.

Além da divisão de classe, os atletas são divididos por categorias de pesos

FEMININO MASCULINO
Até 49kg Até 61kg
Até 58kg Até 75kg
Acima de 58 kg Acima de 75 kg






Medalhistas

Clique para ver os
medalhistas

PATROCINADOR MASTER
Patrocinadora oficial de 11 modalidades paralímpicas
PATROCINADORES
Patrocinadora oficial do Paratletirsmo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão