Modalidades

Natação

As adaptações são feitas nas largadas, viradas e chegadas. Os nadadores cegos recebem um aviso do tapper, por meio de um bastão com ponta de espuma quando estão se aproximando das bordas. A largada também pode ser feita na água, no caso de atletas de classes mais baixas, que não conseguem sair do bloco. As baterias são separadas de acordo com o grau e o tipo de deficiência. No Brasil, a modalidade é administrada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

 

No total, o Brasil já conquistou 102 medalhas na natação em Jogos Paralímpicos, sendo 32 de ouro, 34 de prata e 36 de bronze. É a segunda modalidade que mais medalhas deu ao Brasil nas Paralimpíadas, atrás apenas do atletismo (142).

 

MEDALHISTAS PARALÍMPICOS

Jogos Paralímpicos de Stoke Mandeville 1984
Revezamento 4x50m medley (classe 6) - ouro 
M. Amorim - prata - 100m costas (classe 5)
M. Amorim - prata - 100m peito (classe 5)
Revezamento 4x50m medley (classe 5) - prata
Maria Jussara Mattos - prata - 100m costas (classe 6)
Maria Jussara Mattos - prata - 100m livre (classe 6)
M. Amorim - bronze - 100m livre (classe 5)

Jogos Paralímpicos de Seul 1988 
Graciana Moreira Alves - ouro - 100m livre (classe 6)
Maria Jussara Mattos - prata - 100m borboleta (classe 6)
Fábio Ricci - bronze - 100m livre (classe 1C)
Fábio Ricci - bronze - 25m costas (classe 1C)
Fábio Ricci - bronze - 25m peito (classe 1C)
Graciana Moreira Alves - bronze - 100m borboleta (classe 6)
Graciana Moreira Alves - bronze - 100m peito (classe 6)
Leandro Ramos Santos - bronze - 100m borboleta (classe L6) 
Maria Jussara Mattos - bronze - 100m livre (classe 6)

Jogos Paralímpicos de Barcelona 1992
Eduardo Wanderley - bronze - 50m borboleta (S3-4) 
Genezi Alves de Andrade - bronze - 50m costas (S3)
Ivanildo Vasconcelos - bronze - 200m medley (SM5)

Jogos Paralímpicos de Atlanta 1996
Caco Medeiros - ouro - 50m borboleta (S7) 
Genezi Alves de Andrade - prata - 150m medley (SM3)
Adriano Galvão Pereira - bronze - 100m livre (S2)
Adriano Galvão Pereira - bronze - 50m livre (S2)
Adriano Lima - bronze - 50m livre (S6)
Genezi Alves de Andrade - bronze - 100m livre (S3)
Genezi Alves de Andrade - bronze - 200m livre (S3)
Gledson Soares - bronze - 200m medley (SM7) 
Ivanildo Vasconcelos - bronze - 100m peito (SB4)

Jogos Paralímpicos de Sydney 2000 
Fabiana Sugimori - ouro - 50m livre (S11)
Adriano Lima - prata - 100m livre (S6) 
Revezamento 4x50m livre (Adriano Lima, Clodoaldo Silva, Joon Sok Seo e Luis Silva) - prata 
Revezamento 4x50m medley (Adriano Lima, Clodoaldo Silva, Francisco Avelino e Luis Silva) - prata
Clodoaldo Silva - prata - 100m livre (S4)
Luis Silva - prata - 50m borboleta (S6)
Mauro Brasil - prata - 50m livre (S9)
Revezamento 4x100m livre - (Adriano Lima, Danilo Glasser, Fabiano Machado e Mauro Brasil) bronze
Clodoaldo Silva - bronze - 50m livre (S4)
Danilo Glasser - bronze - 50m livre (S10)
Genezi Alves de Andrade - bronze - 150m medley (SM3)

Jogos Paralímpicos de Atenas 2004 
Clodoaldo Silva - ouro - 100m livre (S4)
Clodoaldo Silva - ouro - 200m livre (S4)
Clodoaldo Silva - ouro - 50m borboleta (S4)
Clodoaldo Silva - ouro - 150m medley (SM4)
Clodoaldo Silva - ouro - 50m livre (S4)
Revezamento 4x50m medley (Adriano Lima, Clodoaldo Silva, Francisco Avelino e Luis Silva) - ouro
Fabiana Sugimori - ouro - 50m livre (S11)
Revezamento 4x50m livre (Adriano Lima, Clodoaldo Silva, Joon Sok Seo e Luis Silva) - prata
Edênia Garcia - prata - 50m costas (S4)
Ivanildo Vasconcelos - prata - 100m peito (SB4)
Francisco Avelino - bronze - 100m peito (SB4) 

Jogos Paralímpicos de Pequim 2008 
André Brasil - ouro - 100m borboleta (S10)  
André Brasil - ouro - 100m livre (S10) 
André Brasil - ouro - 400m livre (S10) 
André Brasil - ouro - 50m livre (S10) 
Daniel Dias - ouro - 100m livre (S5)
Daniel Dias - ouro - 200m livre (S5)
Daniel Dias - ouro - 200m medley (SM5)
Daniel Dias - ouro - 50m costas (S5)
André Brasil - prata - 200m medley (SM10)
Revezamento 4x50m medley (Clodoaldo Silva, Daniel Dias, Ivanildo Vasconcelos e Luis Silva) - prata
Daniel Dias - prata - 100m peito (SB4)
Daniel Dias - prata - 50m borboleta (S5)
Daniel Dias - prata - 50m livre (S5)
Phelipe Rodrigues - prata - 100m livre (S10) 
Phelipe Rodrigues - prata - 50m livre (S10)
Revezamento 4x50m livre (Adriano Lima, Clodoaldo Silva, Daniel Dias, Joon Sok Seo) - bronze
Edênia Garcia - bronze - 50m livre (S4)
Fabiana Sugimori - bronze - 50m livre (S11) 
Verônica Almeida - bronze 50m borboleta (S7)

Jogos Paralímpicos de Londres 2012
Andre Brasil - ouro - 100m borboleta (S10)
Andre Brasil - ouro - 100m livre (S10)
Andre Brasil - ouro - 50m livre (S10)
Daniel Dias - ouro - 100m livre (S5)
Daniel Dias - ouro - 200m livre (S5)
Daniel Dias - ouro - 50m borboleta (S5)
Daniel Dias - ouro - 50m costas (S5)
Daniel Dias - ouro - 50m livre (S5)
Daniel Dias - ouro - 100m peito (SB4)
Andre Brasil - prata - 100m costas (S10)
Andre Brasil - prata - 200m medley (SM10)
Edênia Garcia - prata - 50m costas (S4)
Phelipe Rodrigues - prata - 100m livre (S10) 
Joana Neves - bronze - 50m borboleta (S5)

Jogos Paralímpicos do Rio 2016 
Daniel Dias - ouro - 50m livre (S5)
Daniel Dias - ouro - 100m livre (S5)
Daniel Dias - ouro - 200m livre (S5)
Daniel Dias - ouro - 50m costas (S5)
Phelipe Rodrigues - prata - 50m livre (S10)
Daniel Dias - prata - 100m peito (SB4)
Joana Neves - prata - 50m livre (S5)
Andre Brasil - prata - 100m livre (S10)
Carlos Farrenberg - prata - 50m livre (S13)
Revezamento 4x50m livre misto (Susana Schnarndorf, Joana Neves, Clodoaldo Silva, Daniel Dias, Talisson Glock e Patrícia Santos) - prata
Revezamento 4x100m livre (Daniel Dias, Andre Brasil, Ruiter Silva e Phelipe Rodrigues) - prata
Ítalo Pereira - bronze - 100m costas (S7)
Daniel Dias - bronze - 50m borboleta (S5)
Matheus Rheine - bronze - 400m livre (S11)
Andre Brasil - bronze - 100m borboleta (S10)
Talisson Glock - bronze - 200m medley (SM6)
Phelipe Rodrigues - bronze - 100m livre (S10)
Joana Neves - bronze - 100m livre (S5)
Revezamento 4x100m medley masculino (Phelipe Rodrigues, Andre Brasil, Daniel Dias e Ruan de Souza) - bronze

 

CLASSIFICAÇÃO

 

 

 

As classes sempre começam com a letra S (swimming). O atleta pode ter classificações diferentes para o nado peito (SB) e o medley (SM).

 

 

O atleta é submetido à equipe de classificação, que procederá a análise de resíduos musculares por meio de testes de força muscular; mobilidade articular e testes motores (realizados dentro da água). Vale a regra de que, quanto maior a deficiência, menor o número da classe.