COMITÊ PARALÍMPICO BRASILEIRO

atletismo basquete em cadeira de rodas bocha ciclismo esgrima em cadeira de rodas futebol de 5 futebol de 7 goalball halterofilismo hipismo judô natação paracanoagem remo rugby tênis de mesa tênis em cadeira de rodas tiro com arco tiro esportivo triatlo vela voleibol sentado
calendario inscricoes agenda open

CREDENCIAMENTO DA IMPRENSA PARA OS JOGOS PARALÍMPICOS DE SOCHI-2014 SE ENCERRA EM 1º DE DEZEMBRO DE 2013

   0   0

sochi

Os jornalistas brasileiros interessados em cobrir os Jogos Paralímpicos de Inverno em Sochi, na Rússia, no ano que vem, têm até 1º de dezembro para enviar o pedido de credenciamento, que deve ser feito por intermédio do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

O e-mail para envio dos dados é imp@cpb.org.br, com as informações abaixo:

NOME COMPLETO:
NOME E SOBRENOME PARA O CRACHÁ:
EMPRESA PARA QUAL TRABALHA:
FUNÇÃO:
TELEFONE DA EMPRESA:
CELULAR:
ENDEREÇO DA EMPRESA:
FAX:
EMAIL:
LOCAL DE NASCIMENTO:
DATA DE NASCIMENTO:
NÚMERO DO PASSAPORTE:
DATA DA EXPEDIÇÃO DO PASSAPORTE:
ÓRGÃO EXPEDIDOR DO PASSAPORTE:
VOCÊ POSSUI MÚLTIPLAS CIDADANIAS? QUAIS?
JÁ MUDOU DE CIDADANIA? QUAL?

Os Jogos Paralímpicos de Inverno em Sochi serão realizados entre 7 e 16 de março de 2014. Pela primeira vez na história, o Brasil terá dois representantes na competição: o snowboarder André Cintra e o esquiador Fernando Aranha.

A participação dos dois atletas em Sochi só foi possível graças à uma parceria entre o Comitê Paralímpico Brasileiro e a Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN). Cintra garantiu a vaga nos Jogos da Rússia com a 18ª posição no ranking mundial (os 32 primeiros se classificaram). Já Fernando Aranha confirmou a participação por um convite do Comitê Paralímpico Internacional (IPC na sigla em inglês) ao Brasil.

O país foi contemplado pelo IPC para que o paradesporto na neve seja mais difundido no país. O convite foi direcionado à modalidade cross country. O principal atleta do país, Fernando Aranha, ganhou o direito de disputar a competição.

Perfis dos atletas brasileiros
André Cintra nasceu em São Paulo, em 22 de março de 1979. Aos 18 anos, sofreu um acidente de moto e teve que amputar a perna direita um pouco acima do joelho. Há quatro anos, se interessou pelo snowboard e resolveu tentar se aventurar no esporte. Apesar de ter praticado surfe e skate antes de perder a perna, teve dificuldades no início da modalidade na neve. Equilibrar-se utilizando uma prótese era muito difícil. Em uma viagem aos Estados Unidos, ficou sabendo que existia uma prótese apropriada para a prática do esporte. Com o equipamento certo e as técnicas melhoradas, começou a competir entre 2009 e 2010.

Fernando Aranha nasceu em São Paulo, em 10 de abril de 1978. Por causa de uma poliomielite, teve o movimento das pernas prejudicado aos 4 anos de idade. Aos 16, um amigo sugeriu que praticasse basquete em cadeira de rodas. Foi, então, que ele fugiu do orfanato em que vivia e foi ao Ibirapuera para conhecer um time. Começou a praticar o esporte e, a partir daí, passou a experimentar outras modalidades. Hoje, além do esqui cross country, compete no ciclismo adaptado e no paratriatlon.

 

Assessoria de Imprensa do Comitê Paralímpico Brasileiro
Credenciamento para Sochi-2014
Daniel Brito (daniel.brito@cpb.org.br / 61 8188 0683)
Nádia Medeiros (nadia.medeiros@cpb.org.br / 30313066 ou 61 8161 9271)

 

-->
 
http://www.cpb.org.br/wp-content/plugins/wp-accessibility/toolbar/css/a11y-contrast.css